PSICÓLOGOS ADVERTEM OS PAIS: PARA NÃO DEIXAR SEUS FILHOS ASSISTIREM PEPPA PIG

Peppa Pig é um fenômeno de audiência em todo o mundo. A série inglesa já foi traduzida para várias línguas e tem exibição em países do mundo todo.

Mas nem tudo são flores e há quem acredite que o desenho pode desenvolver comportamentos inadequados das crianças.

Os especialistas da Universidade de Harvard realizaram um estudo cujos resultados foram bastante surpreendentes, e é que os cientistas descobriram que a Peppa Pig é uma das principais causas do mau comportamento das crianças que a veem.

Esta série de animação tem sido um grande sucesso em todo o mundo, eles venderam vários brinquedos, camisas e muitas outras coisas com a marca Peppa Pig.

Mas, de acordo com especialistas, há evidências irrefutáveis ​​baseadas nos experimentos que mostram a má influência desse personagem nos pequenos.

De fato, há um número crescente de pais que estão muito insatisfeitos com o conteúdo da série citada acima.

Houve muitos que reclamaram e comentaram que seus filhos e filhas começaram a copiar o comportamento “ruim” da porquinha e de seu irmão mais novo, George.

Alguns pais até os proibiram de assistir ao programa porque seus filhos se comportam mal quando o vêem porque adotam o mesmo comportamento que a porca.

Vendo a série, nossas crianças podem adotar algumas características de porco que são fáceis de identificar:

Sofrendo de síndrome de superioridade; Comportamento impróprio; Impõe suas idéias sem levar em conta as opiniões dos outros; É rude; Gosta de concorrência excessiva e Sem querer perder;

É intolerante; Desrespeitoso; Tem inveja; É arrogante; É muito orgulhoso. O Dr. Aric Sigman, um psicólogo, diz que os pais são ingênuos se acreditam que os desenhos animados não influenciam o comportamento das crianças.

Ele acrescentou que nos últimos anos houve um “aumento significativo” em um comportamento estranho em crianças, por exemplo: contradição, malícia, questionamento indevido, agressão e desrespeito.

Todas essas falhas de comportamento são frequentemente copiadas de desenhos animados. Segundo a mesma fonte, 80% do desenvolvimento cerebral da criança ocorre durante os primeiros três anos.

Se você passa muito tempo assistindo televisão, adota inadvertidamente o comportamento de personagens animados.

O papel dos pais é crucial para a seleção de programas que devem ser vistos e especialmente na diversificação de atividades para evitar que a criança viva em um mundo de fantasia.