MÃE USA DROGAS AO AMAMENTAR E SUA BEBÊ SOFRE OVERDOSE

 

A mãe usou metanfetamina antes de amamentar sua bebê de apenas seis semanas, entenda
Uma bebê de apenas seis semanas sofreu overdose e acabou perdendo a vida. O triste caso ocorreu em Nova Orleans nos Estados Unidos. A pequena Kenner sofreu overdose porque sua mãe a amamentou após fazer uso da droga metanfetamina.

A mãe Brandie Froeba, 35 anos, acaba de ser presa pelo assassinato de sua filha. A pequena faleceu em 16 de agosto de 2018 e desde então a polícia segue investigando o caso. Foi a própria mãe da pequena Kenner quem ligou para a ambulância. Ela relatou na ligação de emergência que sua filha não estava respirando.

A pequena chegou a ser levada ao hospital, mas não resistiu e acabou falecendo. Os policiais suspeitaram da morte da pequena assim que chegaram na casa da mãe. Isto porque Brandie parecia estar sob o efeito de drogas.

No dia seguinte a morte da criança, uma autopsia revelou a presença de metanfetamina no organismo da bebê. A polícia seguiu a investigação e descobriu um histórico de uso de drogas da mãe.

Para se ter uma ideia, a polícia descobriu que o terceiro filho de Brandie, que nasceu em 2016, tinha opioides e maconha em seu organismo assim que veio ao mundo. Na época, ela recebeu a orientação dos médicos sobre os riscos de se usar drogas quando se está grávida e amamentando. Portanto, ela foi orientada a NÃO amamentar se continuasse consumindo drogas. Com a conclusão das investigações, a mãe foi presa e acusada pela morte de sua mãe. Ela aguarda o julgamento na prisão.

Foto: Reprodução Instagram – A mãe postou fotos amamentando sua outra filha, na época ela já tinha um histórico de uso de drogas