Ex-presidente Michel Temer acaba de ser preso

O ex-presidente da República, Michel Temer, foi preso e o motivo ainda não foi revelado. Tudo o que se sabe é que Temer foi preso pela Força-Tarefa da Operação Lava Jato. A polícia foi às ruas para encontrar onde ele estava localizado.

Temer havia sido citado por delatores, junto com ele também tinha sido citado o ex-ministro Moreira Franco. Vale ressaltar que Temer era vice-presidente da República, nos mandatos da ex-presidente Dilma Rousseff.

Temer foi um dos presidentes com menos aceitação em toda a história do país. Durante o seu mandato de apenas 2 anos, o ex-presidente encaminhou reformas trabalhistas e tentou aprovar uma reforma da previdência, que agora é uma luta do atual presidente Jair Messias Bolsonaro.

Temer se torna o segundo ex-presidente que atualmente se encontra preso. Junto com ele, também está o petista Lula, que foi do cargo mais alto do executivo por um tempo maior. Lula ocupou a presidência de 2003 até 2010.

Michel Temer ocupou o cargo de presidente somente entre 2016 e 2018. O impeachment de Dilma foi o grande marco para que ele conseguisse assumir este cargo, portanto não foi votado.

Em 2018, se cogitou que Temer tentaria uma reeleição, porém ele não quis tentar e apoiou a candidatura de Henrique Meirelles, ministro da economia na época de Lula. Entretanto, a candidatura de Meirelles pelo MDB foi um fracasso e agora os petistas vêem mais um problema. O Temer, durante muito tempo, foi aliado assíduo do PT e era o vice-presidente de todo um governo, por este motivo que mancha mais um pouco a imagem do partido.